brochure portugais .pdf



Nom original: brochure portugais.pdfAuteur: Caroline Bos

Ce document au format PDF 1.5 a été généré par Microsoft® Word 2013, et a été envoyé sur fichier-pdf.fr le 20/05/2014 à 00:58, depuis l'adresse IP 86.217.x.x. La présente page de téléchargement du fichier a été vue 575 fois.
Taille du document: 607 Ko (16 pages).
Confidentialité: fichier public


Aperçu du document


Nas Pegadas de Jacques Brel
Paris 2014
« Le soleil qui se lève, et caresse les toits
et c’est Paris le jour »

QUINTY & BOS
Edition

Introdução
« Le soleil qui se lève, et caresse les toits, et c’est
Paris le jour » (Jacques Brel 1961)
Um dia, em 1953, Jacques Brel (1929-1978)
abandonou seu e duas filhas e deixou Bruxelas para
cantar e tentar a sorte na capital francesa. Jacques
Brel não tomar a iniciativa de vir a Paris, é através
Angèle Guller (famoso apresentador de radio belga
« LA VITRINE AUX CHANSONS », que perceberam o
jovem Brel e recebidos no edição), o disco demo
aterrissou 17 feveireiro 1953 no theatro “des trois
baudets” -2 rue Coustou, em Paris onde Jacques
Canetti oficiando.

Complete a sua visita,
piscando isso codigo
para ira o blog
dedicado ao cantor

Planeje
visita
destacavel

Bem-vindo ao Montmartre !
…………………………………………………………………
Uma caminhada de uma hora em Montmartre,
esta antiga vila, que foi anexada à Paris em 1860.
Esta area ira mostrar-lhe ambos os lugares
freqüentados por Jacques Brel, bem como por
grandes artistas franceses e internacionais,
pequenas vielas florescimento da colina, e alguns
lugares cuja autenticidade ainda esta intacto.

O Essencial
• o teatro « des Trois Baudets »
• o Moulin Rouge
•Au Rêve
• Le Tire Bouchon
• La Place du Tertre
• Le Cabaret Chez Patachou
• Le Sacré Coeur

Rota (2,5 km – 1 hora)
Partida : Les Trois Baudets 64 bd de Clichy, 75018 Paris
– linha de metro 2
Chegada : Places des Abbesses- 75018 Paris
Linha de metro 12

1

1
1

Teatro « des trois baudets »

20 de junho de 1953, Jacques Brel tenho seu famoso
encontro com Jacques Canetti. Jacques Canetti é o
descobridor de talentos mais ilustres do século do século 20.
E neste pequeno teatro que compositores sera capaz de
experimentar antes de uma audiênca sem copo na mão.
Brel passou a audiênca de 20 de junho e foi contratado
immediamente.
Nesta sala com um palco de 15 m², 247 sofas de veludo
vermelho e caixas decoradas, distinto cabaré conhecido por
suaantiguidade, chocam durante um periodo de 20 anos os
talentos de Boris Vian, Henri Salvador, Georges Brassens,
Serge Gainsbourg.. Ha uma foto de grupo de todos os
moradores « des trois baudets », tirada alguns anos mais
tarde, eles são 35 em três linhas.
A atmosfera não tinha nada em comum com o mundo dos
cabarets, na medida em teatro reuniu prometeu uma
carreira longa, que estreou em perfeita sinergia artistica e
aprender juntos artistas.
E 19 de setembro de 1953, no teatro entre a « Place Blance »
e « Pigalle », Brel enfrenta Paris.

2

1
1

O Moulin Rouge

Este cabaré famoso no distrito 18 em Paris, foi inaugurado em
1889, em que celebramos o centenario de Revolução
Francesa e onde os parisienses inaugurar a Torre Eiffel.
O moinho, vestindo vermelho é usado principalmente para
imagem de marca. A sua sala de revolucionaria permitiu
rapidas mudanças de decoração, e sua jardim abrigado
uma espaço de parque de diversões e um elefante gigante
da Exposição Universal.
O Moulin Rouge conhecida mundialmente por French
Cancan tornou-se uma meca de festa parisiense no final do
século 19.
Hoje, o Moulin Rouge traz cerca de 600.000 pessoas vêm
todos os anos para participar de seu diaro sobre um jantar
gourmet.

O Moulin Rouge é o maior comprador de
champanhe do mundo.

3

1
1

O Café des 2 Moulins

Tome a rue Lepic, (uma das ruas mais famosas de
Montmartre), no n°15, o « café des 2 moulins »
O « Café des 2 moulins » é um café restaurante em Paris, que
ficou famosa pelo filme de Jean-Pierre Jeunet, « Amélie
Poulain » em 2001, que serviu como pano de fundo e em que
o personagem principal trabalha como garçonete.

4

1

O bar « Au Rêve »

No final dos anos 1950, Jacques Brel freqüentes este bar na
parte inferior da Montmartre, quando ele abacou de
terminar com Suzanne Gabrielo.
Atriz, cantora, ela foi uma das realizações de Jacques Brel,
quando ele veio a Paris para entrar na musica. Uma versão
deste ruptura diz que gravida do Jacques Brel, Suzanne foi
forçado a abortar porque o cantor não queria um filho.
Do terraço, Brel pode ver o apartemento, na esquina da
Avenida Junot onde Suzanne vive. Ele olha para a janela
tomando notas, sentado em uma mesa e é neste ponto
preciso que ele escrito « Ne me quitte pas », gravado pela
primeira vez em 1959. Brel disse sobre esta canção, o um dos
seus mais famosos : « Esta não é uma cancão de amor, mas
uma canção sobre a covardia dos homens ».
« Ne me quitte pas, il faut oublier, tout peut s’oublier… »

5

1

O Cabaré Tire-Bouchon

O Tire-Bouchon é parte de seus endereços que brilha uma luz
diferente na noite parisiense. Localizado rua Norvins, o
cabaré foi liderado pela dupla Valbert e Karambrun. Estes
dois eram ex-artistas que haviam montado um numero de
dupla hilaria que funcionou lindamente.
Apos um declino no seu sucesso, Lucien Valbert contratou
Jacques Brel, que era na época ainda um desconhecido
que tentou com muitas dificuldades.
O Tire-Bouchon é o grande evento dos artistas de
Montmartre. Apos a turnê dos diversos cabarés, os artistas se
reuniam para oculos ou até de madrugada. Foi
principalmente a banda de Jacques Brel, Lafforgue e
Celams. Por volta de 03 :00, Valbert tinha o habito de esfregar
a gravata e disse : « Ah ! A criança, teremos um belo jovem ! »
Com a morte do proprietario Valbert, o Tire-Bouchon sera
vendido para tornar-se uma panqueca.

6

1

Place du Tertre

Ele é chamada de Place du Tertre com a sua localização no
topo de um monte, que se refere a uma pequena colina de
topo achatado. Dê uma olhada neste lugar famoso no
mundo por seus muitos artistas e terraços. Este espaço public
aberto em 1635 com a presença do final do século 18 até o
inicio da Primeira Guerra Mundial, por toda a boémio de
Montmartre (pintores, poetas, cantores…) neste local em
1790 foi empossado como o primeiro prefeito Cidade de
Montmartre.
Hoje em dia, qualquer que seja o tempo, você vai sempre
encontrar artistas mais ou menos te inspirou a fazer o retrato
romântico minutos, ou melhor caricatura.

7

1

Chez Patachou

« Chez Patachou » é uma obrigação para o cantor. Patachou
nome verdadeiro Henriette Ragon foi o gerente do cabaré.
Patachou e sua marido comprar local e decidir instalar um
restaurante. Ela começa gradualmente a animar este lugar,
interpretando a pedido de clientes canções obscenas e
musicas de época. Este lugar animado, rapidamente torna-se
indispensavel no bairro. O seu restaurante é transformado
gradualmente em cabaré, atipico onde cortar os laços com os
clientes… Os pedaços de tecido foram então pendurado no
teto. A memoria, incluindo o famoso cantor Charles Aznavour
ainda lembra « a ponta do laço foi cortado na major parte
nova” Quem estava com raiva e chateado. Portanto Patachou
foi agitação sobre eles para esquecer sua raiva. E depois de
alguns dias mais tarde, esses mesmos clientes de retorno com
um novos amigos, resolvido e eram sinais sutis de ser escolhidos
corte amarrar seu amigos. Foi o business deste lugar. Patachou
disse que os começos são difficeis de Jacques Brel
regularmente vaiado, Patachou subiu ao palco para restaurar
a calma. No entanto, ela contratou o contor parar 3 anos.
Hoje, o ex-cabaré abriga a « Galerie Roussard », galeria historica
porque é uma das galerias mais antigas de França.

O Sacré Cœur

8

Apos a Torre Eiffel, o « Sacré Cœur » é o mais alto do punto
de capitais, oferecendo uma vista magnifica a partir do
patio ou da cupula.
Ele simboliza a devoção ao Coração de Jesus Cristo, para
que ele tambem é um lugar de meditação, onde se reza dia
e noite.
Este igreja de marmore branco, palacio-como, vista para o
bairro de Montmartre. O seu interior esta decorado com
mosaicos de ouro e janelas altas. Pode-se tambem ouvir
sinos o som de sinos mais pesado do mundo.

TARIFS




A entrada da basilica é livre 6h-23h
Dome & Crypt : 8 € ; 4-16 anos : 5€
Gratuita para crianças menores de 4 anos

Nas Pegadas de Jacques Brel
Montmartre num apice

+ Um mapa destacavel


brochure portugais.pdf - page 1/16
 
brochure portugais.pdf - page 2/16
brochure portugais.pdf - page 3/16
brochure portugais.pdf - page 4/16
brochure portugais.pdf - page 5/16
brochure portugais.pdf - page 6/16
 




Télécharger le fichier (PDF)


brochure portugais.pdf (PDF, 607 Ko)

Télécharger
Formats alternatifs: ZIP



Documents similaires


brochure portugais
sur les pas de jacques brel brochure bv
brochure anglais
feuille n2 1
panneaux expo collages pre vert 2017
promenade dans paris 18eme depart rue damremont

Sur le même sujet..