jd 20140607.pdf


Aperçu du fichier PDF jd-20140607.pdf - page 2/40

Page 1 23440



Aperçu texte


>> ACREDITA QUE REGRESSARÁ DEPOIS DO MUNDIAL

“Não deixei de ir à seleção por causa do FC Porto”

2

afirmou o lateral, que acrescentou mais nomes
do FC Porto à lista de ausências. “Alex Sandro e
Fernando são dois jogadores com potencial
para estar na seleção. Trabalham sério e fazem
sempre bons jogos. Não aceito que se diga que
deixei de ir à seleção por ter ido para o FC Porto.
Se não estou, é apenas por causa da mudança
de filosofia do novo selecionador, que escolheu

jogadores mais experientes. A minha
esperança é que possa estar de regresso à
seleção depois do Campeonato do Mundo”,
acrescentou Danilo, antes de dar o exemplo
dos laterais que Scolari escolheu para serem
suplentes de Dani Alves e Marcelo: Maxwell e
Maicon, ambos com 32 anos. “Em breve vou
voltar a ter uma oportunidade na seleção.”

FC Porto

D
SÁBADO
7.JUNHO.2014

“NA PRÓXIMA
ÉPOCA VOLTA
TUDO AO
NORMAL”

DANILO >> Lateral falou de um ano
com algumas dificuldades,
mas já apontou a 2014/15 com
a convicção de que continuará
no Dragão

D

Pedro
d Marques C
Costa

anilo fez uma pausa nas
férias para dar uma entrevista à ESPN
Brasil. Falou da seleção, do FC Porto,
mas também das notícias sobre o alegado interesse de grandes clubes europeus, sobretudo ingleses. “Não houve nenhuma proposta oficial. Só especulação.” Para os jornalistas brasileiros que o entrevistaram, este seria
o momento ideal de dar o passo para
um campeonato mais competitivo,
até como forma de ganhar maior visibilidade para que o desejado regresso à seleção seja uma realidade. No
entanto, Danilo não concordou com
a ideia. “Vou utilizar o discurso da
maioria dos jogadores. Tenho contrato até 2016. Estou a jogar num grande clube como o FC Porto, que é uma
montra na Europa; tenho feito bons
jogos e isso faz com que seja natural
a especulação sobre vários clubes de
topo mundial. Mas entre a especulação e a apresentação de uma proposta com os números que o FC Porto
pede há uma grande distância. Neste
momento estou feliz e preparado
para regressar para a nova temporada. Se entretanto aparecer alguma
coisa boa para todas as partes, então
estudaremos essa eventual proposta”, explicou o lateral.
No arranque da conversa, Danilo

i
i lhe “corre bem” em
disse
que a vida
Portugal, apesar da época menos
positiva do FC Porto. “Tenho feito
um bom trabalho, já são dois anos e
meio no FC Porto. Mas esta temporada não conseguimos conquistar o
título que tínhamos vencido nos úl-

DIFERENÇAS
“O início foi complicado. Jogava no
Santos, tínhamos um plantel muito
mediático, sempre com jornalistas por
perto, muitos títulos, e quando se
chega à Europa temos de começar tudo
de novo. Todos me acolheram bem, os
adeptos também. Tive uma lesão no
início que me atrapalhou um
pouco, mas já consegui chegar
aos 100 jogos pelo clube em
dois anos e meio

PORTUGAL
“Em Portugal, andavam desanimados com a Seleção pela
campanha nas eliminatórias,
mas nos últimos jogos,
sobretudo contra a Suécia, a
Seleção fez com que o povo
voltasse a ter esperança.
Ronaldo esteve muito bem e
agora os portugueses acreditam
que a Seleção pode chegar
llonge. M
ã PPortugall
Mas atenção:
não é só Ronaldo, eles têm
muitos jogadores de grande
qualidade

LISBOA
“Não fui ver a final da Champions,
já estava no Brasil. Mas quando
esses eventos acontecem em
Lisboa, nós ficamos quietinhos no
Porto, porque a rivalidade em
Portugal vai para além do FC Porto
e Benfica. Foi uma grande final.
Defrontei o Atlético de Madrid
na fase de grupos e fiquei
impressionado com a forma
como Simeone trabalha e
como os jogadores trabalham para ele

“FC Porto é uma montra
na Europa, mas entre a
especulação e a apresentação de uma proposta com os números
que o clube pretende há
uma grande distância”
timos três anos.” Nesse momento, o
lateral foi interrompido pelo jornalista, que lhe recordou o golo
de Kelvin, aquele que “matou
do coração os adeptos do Benfica” - palavras do jornalista brasileiro. Danilo sorriu antes de responder. “Foi uma das maiores
alegrias que os adeptos do
FC Porto tiveram nos últimos anos. Nós também ficámos muito felizes, até porque
foi um ano de grande sofrimento, mas que acabou com a conquista do título. Este ano sentimos
algumas dificuldades, não voltámos
a vencer, mas acredito que na próxima temporada volta tudo ao normal”, concluiu. ■

DISCURSO DIRETO

EXPLICAÇÃO PARA O FRACASSO

“Fucile regressou com
a motivação em baixo”
Fucile regressou ao FC Porto depois de um empréstimo ao
Santos, do Brasil, para ser o concorrente de Danilo. No
entanto, o uruguaio acabou na equipa B e os brasileiros
quiserem saber o motivo. “É complicado estar num clube
como o FC Porto, que joga contra as melhores equipas
europeias. Ele regressou com a motivação em baixo e isso
atrapalha sempre um jogador de um clube grande. Depois,
creio que teve problemas com a Direção, ou uma situação
desse género, que nem sei bem qual foi. Isso fez com que
fosse afastado”, contou.

NATURALIZAÇÃO
“O Fernando fez uma carta a
renunciar à seleção brasileira, mas
o problema é que quando ele jogou
o Mundial de sub-20 pelo Brasil
ainda não tinha passaporte
português, logo não pode jogar
agora por Portugal. O meu caso é
idêntico, por isso também nunca
poderia jogar por outro país. Mas
nem penso nisso, porque
sinto que em breve vou
voltar a ter uma oportunidade na seleção brasileira

FÁBIO POÇO/GLOBAL IMAGENS

MOWA PRESS

Scolari chegou à seleção brasileira e Danilo
deixou de ser convocado. “Tive a oportunidade
de participar em alguns amigáveis com o Mano
Menezes, mas foi logo depois da minha lesão.
Não é uma justificação, mas foi verdade. Logo
a seguir entrou o Scolari e ele preferiu ter
jogadores mais experientes. Acredito que foi
por isso que não voltei a ter oportunidades”,