Esterilização de gatos 3ª página (18 de janeiro 2015) .pdf


Nom original: Esterilização de gatos 3ª página (18 de janeiro 2015).pdfTitre: untitled

Ce document au format PDF 1.5 a été généré par / Protec, S.A., et a été envoyé sur fichier-pdf.fr le 03/02/2015 à 20:39, depuis l'adresse IP 81.56.x.x. La présente page de téléchargement du fichier a été vue 380 fois.
Taille du document: 307 Ko (1 page).
Confidentialité: fichier public


Aperçu du document


histórias

t

História diferente para
contar tem Conceição Amaral, que saiu de Lisboa em
2006 para ir viver em Benavente, mas cedo percebeu
que tinha um problema à
porta. Uma vizinha tinha
deixado uma ninhada de gatosaoabandonoe,empouco
tempo, o número de bocas
para alimentar era maior do
que os seus recursos para o
fazer.AocontráriodeZulmira,dizqueacâmaralocalreagiu com indiferença à questãodacolóniadescontrolada.
“Disseram-mequeseviessembuscarosgatosseriapara
os eutanasiar”, diz-nos, ela
que conseguiu dar para adoção, a amigos e familiares,
“entre 20 e 30 gatos” e, depois,decidiu tomar uma atitude mais radical. Começou
por distribuir a pílula pelas
gatas, mas dado que não resolveu o problema [“continuavam a aparecer grávidas”], encontrou empatia
junto de uma clínica veterinária e andou de porta em
portaamobilizarosvizinhos.
Alguns ainda sugeriram que
“simplesmente não se alimentassemosanimais”.
“Achoqueissoéumacrueldade e está, aliás, definido
comotalnanovaleideproteçãoaosanimais”,dizConceição Amaral, a quem, neste
momento, só falta esterilizar
duasgatas.
Cirurgia simples
A veterinária Diana Simões,
queestáaacompanharasesterilizações em Benavente,
trabalhou anteriormente no
Cartaxo, onde os protetores
das colónias [as pessoas que
alimentam os gatos de rua]
não permitiram que estes
fossem esterilizados. “Depende da mentalidade de
cadaum,masaverdadeéque
hápessoasquenãopercebem
queamedidamelhoraaqualidade de vida destes animais”, diz, explicando que o
procedimentoésimples(demoraapenas 40minutos)eo
menosinvasivopossível.

52 domingo

GATOS ESTERILIZADOS TÊM UMA MARCA NA ORELHA

QUEM ALIMENTA OS GATOS É PROTETOR DE COLÓNIA

“Privar os
animais de
alimentação
é uma
crueldade
punível por lei”
Conceição Amaral

“Estamosafalardocortede
um centímetro apenas”, explica. “O pós-operatório é
rápido porque usamos antibióticos de longa duração. A
ideia é que o animal seja devolvidoaolugardeondeveio,
agoracomumamarca:aorelhaesquerdalevaumpequenocorte.Esemnovasninhadas também não terá de disputaracomidaexistente.”
José Fidalgo, representante
do grupo Amigos dos Gatos
da Troia, diz que depois das

esterilizações, faltará definir
os espaços para alimentação
e abrigo dos gatos daquela
península. “Os animais têm
tantodireitocomonósaoespaço natural”, constata, ele
que se desloca regularmente
aTroiapara,juntamentecom
a mulher, os alimentar. “São
animais que não chateiam
ninguém e que, se tiverem o
mínimo de condições, não
andam a causar mau ambientenemaremexerolixo –
comomuitostemem.” l
D


Aperçu du document Esterilização de gatos 3ª página (18 de janeiro 2015).pdf - page 1/1




Télécharger le fichier (PDF)


Esterilização de gatos 3ª página (18 de janeiro 2015).pdf (PDF, 307 Ko)

Télécharger
Formats alternatifs: ZIP



Documents similaires


esterilizac o de gatos 3 p gina 18 de janeiro 2015
esterilizac o de gatos 18 de janeiro 2015
apresentac o sitio de tingua
doc emigac o
formulario de inscric o
essai2

Sur le même sujet..