Revista SS CLINIC .pdf



Nom original: Revista SS CLINIC.pdfTitre: Microsoft Word - LAYOUT REVISTA.docxAuteur: Spotlight

Ce document au format PDF 1.3 a été généré par Word / Mac OS X 10.7.5 Quartz PDFContext, et a été envoyé sur fichier-pdf.fr le 30/01/2013 à 02:38, depuis l'adresse IP 213.22.x.x. La présente page de téléchargement du fichier a été vue 1518 fois.
Taille du document: 11.9 Mo (16 pages).
Confidentialité: fichier public


Aperçu du document


 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

SS CLINIC

 

SAÚDE & BELEZA

 

 

 

1ª EDIÇÃO JANEIRO 2013
V i s i t e - n o s

e m :

www.ssclinic.pt

E D I T O R I A L        
 
 
 
 
 
 

 
 

Século  XXI,    
    A  Era  da  informação  

 

 
 

SS CLINIC
Direcção Clínica
Dr. Miguel Fernandes

 
O mundo actual é rodeado de informação,
propagada a uma velocidade vertiginosa. E
quem não dispuser de capacidade para
acompanhar este ritmo , certamente deixará
passar muito daquilo que o rodeia, sem
sequer dar por isso!
O propósito da revista SS CLINIC é fazerlhe chegar informação com qualidade,
actual, interessante e educativa.
E a questão que imediatamente se coloca é a
seguinte: tem a informação - ou falta desta algum impacto na nossa saúde e na nossa
qualidade de vida?
Se lhe dissermos que quanto menor o nível
educacional, mais prevalente é a diabetes na
comunidade,
compreende onde queremos chegar?
Uma vez que esta é a 1ªEdição da revista SS
CLINIC, está assim

demonstrado de forma simples e
consistente, a razão da sua criação. Viver
informado é por si só uma garantia de
nos mantermos afastados, ou pelos
menos, sensíveis e vigilantes às ameaças
que a vida nos contempla.
O conhecimento não nos torna imunes,
mas permite mudanças de hábitos,
detectar precocemente ameaças, ou
simplesmente, criar um rumo de vida
mais saudável.

A revista SS CLINIC não tem apenas o
propósito de ser um artefacto.
Propõe um modo de estar na vida.
E a vida, no século XXI, é informação.
Seja bem vindo(a) à Edição de Janeiro
da Revista SS CLINIC.

 
   
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

   

Med. Geral & Familiar
Dr. Miguel Fernandes
Ortopedia (Protocolo)
Dr. Espregueira Mendes
Fisioterapia Ortopédica
Fisiot. Eduardo Gonçalves
Fisioterapia Respiratória
Fisiot. Ivo Silva
Psicologia Clínica
Dra. Tânia Carvalhal
Dra. Diana Quintela
Análises Clínicas
Enf. Dulce Leonor
Podologia
Pod. Susana Santos
Osteopatia
Fisiot.Ost.Aida Loureiro
Departamento de Beleza
Tânia Leonor
Responsabilidade Editorial /
Revisão Científica de
Conteúdos
Eduardo Gonçalves

WWW.SSCLINIC.PT

 
 
 
 

Ciência Hoje - O Presente e o Futuro
 
 
 

 

"Decifrado
mecanismo usado
pelo HIV para entrar
no sistema
imunitário"

"Aprovado
primeiro
medicamento
contra tuberculose
multi-resistente"

A equipa de cientistas do Instituto
de Investigação da Sida IrsiCaixa,
de Barcelona (juntamente com
investigadores das universidades de
Heildelberg
e
Lausanne),
conseguiu decifrar o mecanismo
que o vírus da imunodeficiência
humana (HIV) utiliza para
penetrar no sistema imunitário.
Neste estudo pioneiro, publicado
agora na «PLoS Biology», também
foi possível bloquear a entrada e
evitar a propagação do vírus.

A agência norte-americana para a
segurança
alimentar
e
o
medicamento (Food and Drug
Administration – FDA) aprovou no
dia 28 de Dezembro um novo
medicamento
contra
a
tuberculose.

Javier
Martínez-Picado,
que
coordenou o trabalho juntamente
com
Nuria
Izquierdo-Useros,
explica que a importância da
descoberta deste mecanismo nunca
antes descrito é o facto de
potenciar o desenvolvimento de
um novo fármaco, durante os
próximos dez anos, capaz de
bloquear a transmissão do HIV
dentro do corpo humano.

Trata-se de bedaquilina e é o
primeiro fármaco contra a
tuberculose que tem como
característica
estar
indicado
expressamente para as formas
mais resistentes desta doença
infecciosa
provocada
pela
bactériaMycobacterium tuberculosis.
As mutações da bactéria são tão
significativas que definem já um
novo tipo de tuberculose, a
tuberculose multi-resistente, em
que
microorganismo
não
responde aos fármacos habituais,
a rifampicina e a isoniazida.

 
 

"Cientistas
descobrem como
inserir tecnologia
LCD em lentes de
contacto"

O Centre of Microsystems
Technology (CMST), laboratório
associado ao Imec da Ghent
University (Bélgica), anunciou
hoje o desenvolvimento de um
display LCD esférico e curvo que
pode ser incorporado em lentes
de contacto.
Assim, essa seria uma espécie de
entrada para um mundo de
monitores em lentes. Em relação
aos propósitos médicos, as lentes
seriam capazes de controlar a
quantidade de luz que é enviada
para a retina, ajudando nos casos
em de íris danificada.
Além disso, futuramente, o
acessório ainda pode funcionar
como um display que sobrepõe
imagens na visão de quem usa as
lentes.

e

 
Espaço Fisioterapia - Ft. Eduardo Gonç alves

 
 
 
 
 

Ciclo Menstrual & Lesões
Desportivas. Alguma relação?
 

A fase do ciclo menstrual, tem sido sugerida como
factor predisponente de lesão do Ligamento Cruzado Anterior
(ACL) em mulheres desportistas. Conjuntamente surgiu
também a hipótese de que a toma de contraceptivo oral (pílula)
poderia funcionar como factor protector neste cenário.
A questão surgiu quando se começou a verificar uma

Esta possível flutuação hormonal deu mote à
criação de uma outra hipótese: a de que a toma de
um contraceptivo oral, ao ajudar a regular a
flutuação hormonal, seria capaz de proteger a atleta.
Até ao momento, todos os estudos indicam que a
fase pré-ovulatória é a altura em que existe o maior

incidência relativamente alta deste tipo de lesões em mulheres

número de lesões do LCA. Estes estudos foram

atletas, quando comparadas com o género masculino. Mas no

realizados em desportos totalmente distintos, desde

que respeita à questão hormonal, o que se sabe realmente sobre

o futebol ao ski. Contudo, a toma de contraceptivo

este tema?
A teoria para o aumento da incidência deste tipo de
lesões, é baseada na diferença hormonal entre o homem e

oral, não demonstrou fortes evidências até ao
momento, de gozar de uma capacidade protectiva
para este tipo de lesões.

mulher, especialmente após a puberdade, com o aparecimento

Uma vez que não se pode alterar o factor "ciclo

da ciclo menstrual.  Mais concretamente, que uma das fases do

menstrual", resta às equipas técnicas colocarem em

ciclo menstrual (pré-ovulatória / pós-ovulatória) poderá ser mais

prática treinos preventivos de lesão.

predisposta de lesão do que a outra, tendo por base a possível

Vantagem: não precisam de inventar nada. A FIFA

flutuação hormonal que a mulher é alvo durante o ciclo

já desenvolveu um programa de treino preventivo.

menstrual.

 
 

É só aplicar!

"Fase préovulatória
éo
período
em que
existe
maior
número de
lesões do
ligamento
cruzado
anterior"
 

 

.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Espaço Prevenção - Exames de Diagnóstico

 

Examine-se uma vez por mês. Saiba como:
O temido cancro da mama pode ser curado desde que
detectado a tempo.

1. À frente do espelho
Observe os seus seios com os braços caídos ao longo do corpo. Vê
alguma coisa esquisita? Coloque as mãos na cintura. E agora?

A elevada taxa de mortalidade pode ser combatida

2. Braços no ar

através da detecção precoce porque, com ela, há uma

Agora levante os braços no ar. Os dois peitos sobem da mesma

hipótese de sobrevivência de 90%. A prevenção é, por

forma? Algum deles está descaído? Vê zonas afundadas?

isso, um meio eficaz de o combater, não podendo ser
descurada em caso algum, sobretudo se existirem

3. Espirais

indícios de factores de risco.

Deitada, coloque uma almofada por baixo do ombro e o braço
atrás da nuca. Com os dedos da mão contrária, faça espirais à

Faça o auto-exame da mama depois de cada

volta da mama.

menstruação ou, se já não a tem, numa data fixa todos
os meses. Observe bem o que for fora do normal ou
estranho.

 

4. Pressão mamária
Pressione o mamilo. Há secreções? Na axila, passe a mão em
movimentos circulares com os dedos esticados.  

 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Espaço Podologia - Pod. Susana Santos

A SAÚDE DOS SEUS PÉS !
Cuidados básicos são os mais importantes,
no entanto, são também os mais
esquecidos.  

Os pés, como um alicerces do

CRIANÇAS:

nosso organismo, e sendo
responsáveis pelo equilíbrio
do nosso aparelho
locomotor, devem ser alvo de
cuidados especiais.

- Caminhar incorreto
(colocar os pés para
fora/dentro);
- Alterações no apoio do pé
(pé plano/pé cavo);

Um pé saudável é fulcral
para o correto
desenvolvimento de um

- Juntar os joelhos;
- Quedas frequentes;
- Alteração da pele e unhas.

indivíduo e do seu pé.
Desde muito cedo, os pais

ADULTOS:

devem ter em atenção o
desenvolvimento dos pés das
suas crianças, por isso mesmo
o controlo, a prevenção e o
diagnóstico precoce são
fundamentais para evitar
problemas posteriores, e por
vezes incapacitantes.

- Consultar um podologista;
- Secar muito bem os pés,
nomeadamente entre os
dedos;
- Hidratar diariamente;
- Usar meias de fibras
naturais (algodão)
- Cortar as unhas de forma

Deixamos para si, a lista dos
cuidados básicos
fundamentais, em crianças e
adultos.
Na presença de algumas
destas problemáticas,
contacte um podologista.

 

reta;
- Não caminhar descalço em
locais públicos;
- Usar um calçado
apropriado a cada tipo de pé
(materiais flexíveis e
maleáveis).

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Estudos e Conclusões

Antibióticos Ineficazes.
Antibióticos são ineficazes para tratar pacientes com tosse persistente causada
por infecções pulmonares, segundo um estudo publicado pela revista
especializada Lancet.
O estudo, realizado com mais de 2.000 pacientes de 12 países europeus,
verificou que a duração e a gravidade dos sintomas nos que foram tratados
com antibióticos não foi diferente dos que foram tratados com placebos.

 

Risco de morte súbita em mulheres.
Uma pesquisa realizada nos EUA sugere que mulheres que fumam pouco,
incluindo aquelas que fumam apenas um cigarro por dia, duplicam as
hipóteses de morte súbita em comparação com as mulheres que nunca
fumaram.
O estudo analisou a saúde de 101 mil enfermeiras americanas durante mais
de três décadas.

Faro dos cães ajuda a detectar cancro.
O apurado faro dos cães é capaz de detectar casos de cancro do pulmão,
segundo um estudo austríaco divulgado em Dezembro. A descoberta pode
contribuir para a criação de uma espécie de «nariz electrónico» que consiga
detectar a doença numa fase precoce.

Doença dos pezinhos em expansão.
Hereditária, progressiva e incapacitante, a paramiloidose ou polineuropatia
amiloidótica familiar afecta cerca de 1500 doentes em Portugal, sobretudo no
norte e centro do País. O diagnóstico, realizado nas consultas da
especialidade, atinge 80 a 100 novos doentes por ano, número que está em
expansão

 

 
   

 

 

Estudos e Conclusões

Café reduz o risco de cancro oral.
A ingestão frequente e continuada de café pode proteger contra o
desenvolvimento de tumores malignos na cavidade oral.
A descoberta foi feita durante uma investigação nos Estados Unidos, com
dados de 968 432 homens e mulheres. Os participantes não tinham
qualquer tipo de cancro no início da pesquisa, que teve uma duração de 26
anos.  

 

Nanoparticula contra o cancro.
Os EUA concederam a patente a uma nanopartícula desenvolvida pela
Universidade de Coimbra para o tratamento do cancro da mama, que
previne os efeitos secundários associados à quimioterapia e aumenta a sua
eficácia terapêutica.

Anemia atinge 25% dos portugueses.
O primeiro estudo epidemiológico sobre a anemia em Portugal, problema
que se estima atingir uma em cada quatro pessoas, arranca em Janeiro e vai
ser realizado por profissionais de saúde, que consideram que esta é uma
doença subvalorizada.    
As duas grandes causas de anemia são: carência, por deficiência de algum
tipo de nutriente, como o ferro, ou por doenças crónicas, como as
oncológicas e as cardíacas

 
 

Forte irritabilidade considerada doença.
A Sociedade Americana de Psiquiatria aprovou este fim-de-semana uma
revisão na classificação de algumas patologias mentais, que situa o autismo e
as suas variantes numa única categoria e a forte irritabilidade das crianças
como uma verdadeira doença, anunciou a associação no seu site na Internet.

   
 

Consultório Psicológico
Ansiedade - Bem-vindo à sociedade moderna!
P s ic ó lo g a s T â n i a C a r v a l h a l & D i a n a Q u i n te l a
A sociedade atual exige muito de nós o que pode contribuir

 

Então, o que podemos fazer quando estamos ansiosos?

para que nos sintamos ansiosos. A vida agitada, a pressão e stress no

Se a ansiedade se prolonga no tempo, surge com

trabalho, a situação de desemprego, a instabilidade económica

intensidade ou mesmo sem motivo aparente, se os sintomas físicos são

resultante da crise actual, possíveis dívidas existentes, problemas

incontroláveis e interferem nas suas atividades diárias e bem-estar, então

familiares, são alguns dos motivos que podem levar ao aumento da

deve procurar ajuda especializada. A ansiedade patológica tem tratamento

ansiedade, que tanto prejudica a qualidade de vida.

o que permite devolver à pessoa a qualidade de vida que possuía

A ansiedade é um fenómeno universal, responsável pela

anteriormente. Está comprovado cientificamente que o tratamento mais

adaptação a uma situação nova e, portanto, tem também um papel

eficaz consiste numa abordagem Multimodal, isto é, através da

importante no nosso dia-a-dia. Podemos assim entender que a

combinação de Tratamento Farmacológico com Psicoterapia. Mas

ansiedade ora nos beneficia… ora nos prejudica! Mas para compreender

ATENÇÂO! Apenas medicação não   vai resolver o problema. Por isso, não

melhor esta dualidade, é fulcral diferenciar ansiedade normal de

hesite em procurar ajuda pois, quanto mais   precoce for a intervenção

ansiedade patológica.

menos consequências negativas terá.

Assim, diz-se ansiedade normal quando o indivíduo apresenta uma
resposta natural face a algum tipo de stressor, no qual ocorre um

No entanto, pequenas mudanças nos hábitos de vida podem contribuir

aumento do ritmo do organismo que é o que nos prepara para o

para a diminuição da ansiedade, como:

enfrentamento/fuga desse mesmo estímulo ameaçador. Todas estas
reações orgânicas são normativas e não muito intensas.

* A prática de exercício físico regular

Acontece que, as pessoas não percepcionam nem vivenciam

* Realização de sessões de Acupuntura

as várias situações do dia-a-dia da mesma forma e, por esta razão,

* Exercícios de Yoga

quando a reação ansiosa é intensa/excessiva, desproporcional ao

* Relaxamento (Controle Respiratório e Massagens

estímulo ameaçador (devido à intensidade, frequência e duração no

* Ter uma boa Higiene de Sono

tempo) causa um mal-estar físico e cognitivo significativo, o que leva a

* Agende as tarefas diárias, por prioridades, para evitar correrias

pessoa a procurar ajuda especializada – ansiedade patológica.

* Planeie momentos de lazer ao longo da semana

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Saúde no Masculino

Hipertensão e Disfunção Eréctil.

 

Até há relativamente poucos anos, a disfunção eréctil era considerada um problema
tabu, sobre o qual era difícil falar, mesmo com um médico do mesmo sexo.

 

Sintoma e fator de risco
Um enorme número de estudos demonstrou que cerca de 70
por cento dos casos de disfunção eréctil são devidos a patologia

Tratamento
Na grande maioria dos casos, a disfunção eréctil pode ser
tratada com sucesso. A primeira medida a tomar é melhorar o

cardiovascular. Por outro lado, os doentes com disfunção eréctil

estilo de vida, devendo o doente deixar de fumar, reduzir o

têm maior risco de desenvolver doença cardiovascular,

consumo de álcool, fazer exercício diário, reduzir o stress e

nomeadamente de sofrer um enfarte do miocárdio.
Deste modo, a disfunção eréctil é, com frequência, uma
manifestação de doença vascular que pode, com anos de

normalizar o sono. Para muitos homens, estas medidas bastam para
recuperar a função.
Se estas dificuldades de ereção ocorrerem apenas

antecedência, ser um sinal de aviso de ataque cardíaco futuro.

ocasionalmente não lhes deve dar grande importância, para além

Por isso, perante uma situação de disfunção eréctil, o

de deverem constituir um estímulo para melhorar o seu estilo de

médico deve avaliar cuidadosamente o aparelho cardiovascular
do doente, que na maior parte dos casos já tem doença
arteriosclerótica que ainda não deu sintomas cardíacos, mas já
se manifesta a nível sexual.

vida. Não há a mínima razão para se encarar um episódio de
disfunção eréctil como o início do fim da vida sexual. Se, pelo
contrário, os episódios se tornarem frequentes, deve consultar o
seu médico, tanto mais que a esmagadora maioria dos casos pode
ser tratado com sucesso.

 
 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Saúde no Feminino

Cancro do colo do útero

 

O carcinoma do colo do útero (a parte inferior e mais estreita do útero, que o liga à vagina) é o
tumor maligno genital mais frequente em Portugal, segundo dados da Sociedade Portuguesa de
Ginecologia (SPG). Afeta sobretudo mulheres com mais de 40 anos. Esta doença tem na origem o
vírus do papiloma humano (HPV), que se transmite por contacto sexual ou de pele com pele.

1  

Sinais de alarme

O que pode fazer para prevenir este cancro

2  

Estes são alguns sintomas a que deve estar atenta:

Indicada para mulheres entre os nove e os 26 anos, segundo a SPG, a

- Hemorragia vaginal após as relações sexuais, entre períodos menstruais

vacinação contra o HPV protege, durante quatro a cinco anos, contra

regulares ou após a menopausa

os tipos 6, 11, 16 e 18 do HPV, os mais frequentes no cancro do colo

- Aumento do corrimento

do útero (16 e 18) e nos condilomas genitais e do trato respiratório.

- Períodos menstruais mais prolongados e intensos do que o habitual
Use o preservativo em todos os contatos sexuais. O HPV transmite-se
- Dor na região genital
mesmo quando não há penetração. Quanto maior o número de
- Dor durante as relações sexuais
parceiros sexuais maior o risco de cancro do colo do útero. O risco é
ainda acrescido se teve relações sexuais com homens que tiveram muitas

2  

Citologia do colo do útero

parceiras sexuais.

Realize o primeiro exame após ter iniciado a sua atividade sexual ou aos
21 anos. Depois, deve ser repetido com intervalos de três anos, após
citologias negativas, salvo indicações especiais e de acordo com a
orientação do médico. Para manter o seu útero vigiado e controlado,
visite o seu ginecologista anualmente. Para que não se esqueça, defina
um período fixo e consulte o seu médico sempre nessa altura.

 
 
 

Faça o exame de Papanicolau.

4  

É a única forma de detetar células cervicais pré-cancerosas. Se forem
detetadas nas fases iniciais, são facilmente removíveis, o que previne a
evolução para cancro. Mesmo que tenha sido vacinada terá de se
submeter ao rastreio

 
 

Análises Clínicas | Desvendar Valores - Enf. Dulce Leonor s

Triglicerídeos
Os triglicerídeos (TG’s) são uma gordura que circula no sangue,
resultante das calorias ingeridas em excesso, e que são armazenados nos adipócitos
(células de gordura). Eles são libertados destas células entre as refeições para suprir
as necessidades energéticas do corpo.
Valores elevados levam à acumulação nas artérias, originando doença
coronária. Em casos raros (valores muito elevados) pode desenvolver-se pancreatite
(dor abdominal, perda de apetite, náuseas, vómitos, febre)

 
 

 

   Factores
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Agravantes  

   
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Análises Clínicas

 
 
 

BREVEMENTE
A hipertrigliceridémia (TG’s elevados) pode resultar de:
- diabetes não tratada ou mal controlada

Segunda-Feira - 7h às 10h

- obesidade
- hipotiroidismo

Quarta-Feira - 7h às 10h

- doença renal
- ingestão de calorias em excesso

Sábado - 10h às 12h

- consumo elevado de álcool.
O teste deve ser efectuado após um mínimo de 12 horas de jejum. Os valores
recomendados são:

Dois parques de estacionamento

Mulher: 35-135 mg/dl
Homem: 40-160 mg/dl.

 

privativo.
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

OSTEOPATIA.
Já recorreu a ela, e até conhece o nome! Mas sabe realmente o que é ??

ENTENDA A OSTEOPATIA EM APENAS 5 PASSOS !
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 

Artigo de:

Os teo pata A ida L o ur eiro _

1  
O ser humano é considerado um todo indivisível
que deve ser respeitado no momento da intervenção terapêutica

4  

devendo o indivíduo ser abordado na sua dimensão física,
bioquímica, psíquica, e social.

Após a avaliação, o Osteopata define o programa de tratamento
que considera apropriado à situação clínica e ao indivíduo em
questão, tendo como objectivo, não só o tratamento da

2  

sintomatologia como da sua causa.
Osteopatia é uma área de carácter holístico.

Assenta na necessidade de haver uma harmonia entre a estrutura do
nosso corpo humano (ossos, músculos, cápsula-ligamentos, fáscias,
vísceras e crânio) e a sua função. A desorganização a este nível é o
factor responsável pelo aparecimento/perpetuação de lesões e
patologias.

5  

A consulta de Osteopatia está indicada
em casos como:

Disfunções a nível músculo-esquelético (dores de costas,
desequilíbrios/alterações posturais, vertigens e tonturas,

3  
O sangue é considerado, segundo a perspectiva da
Osteopatia, como o elemento primordial para o organismo
se tratar uma vez que, é através do sangue que circulam todos os
elementos importantes para a imunidade natural do organismo.
Assim, as artérias têm um papel de destaque pois se a circulação
arterial estiver afectada há uma alteração na nutrição celular e na
eliminação dos produtos resultantes do seu metabolismo =
Perpetuação da Lesão.

nevralgias/nevrites, hérnias e protusões discais,
artroses/artrites, dores musculares, coccigodinia, entorses,
tendinites, luxações, sequelas de fracturas, pós-cirúrgicos entre
outros tipos de traumatismos e patologias ortopédicas e
reumáticas); disfunções viscerais (gastrites, hérnias do hiato,
colites, dores menstruais, sequelas de infecções renais,
problemas respiratórios, circulatórios e problemas da esfera
uro-ginecológica), disfunções craniais (transtornos da oclusão
dentária, pré e pós correcções ortodontológicas,
dores/crepitações da mandíbula, dores de cabeça e enxaquecas,

 
 
 
 
 
 

traumatismos crânio-faciais e sinusite entre outros), problemas
psicossomáticos e nervosos.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

SS CLINIC
DEPARTAMENTO DE BELEZA

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

RADIOFREQUÊNCIA TRIPOLAR
3ª GERAÇÃO?
 

 
IR O
AN E H
J
24
20
ÀS
O
H
5
ENT
1
AM
T
A
I-TR
MIN RATUITO
G
OU
AS
N
R
PE TEOS!
GLÚ E JÁ!
U
AR Q

 

 

M

A POL LO
Tr atamen to Não In v asiv o, A g radá vel e
Indolor
O sistema Apollo é uma solução líder em Estética
com base na mais avançada Tecnologia de
Radiofrequência Tripolar de 3ª Geração. Este
Equipamento foi clinicamente comprovado e é
histopatologicamente seguro e eficaz, permitindo

E ste e quipa me nto possui 3 a plicad ores
pa ra uma má xima flexibilida de do
trata me nto:
- 1 aplicador grande usado para tratamentos em
áreas maiores como o abdómen, coxas e flancos.
- 1 aplicador médio usado para tratamentos em
áreas mais pequenas e específicas tais como o
rosto, pescoço e braços.
- 1 aplicador pequeno concebido para áreas
delicadas tais como as peri-oral e peri-orbital

uma grande variedade de tratamentos estéticos
em clínicas em todo mundo, e claro, na sua
S S C LI NIC , D IA 24 JA N EI R O 15 H - 20 H

Ind ica çõe s
C ontorno Fa cia l | Toni fi caçã o d a P el e |
M od ela do r Co rpora l | R ed ução da
C elulite | R ed ução de E stria s

 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

D EPILAÇÃO

A

E NC O NTR E U M A S OL UÇ Ã O C OM S E GUR A NÇ A E

EIRO
20H

L ASER
Q UA L IDA D E

JAN

17
ÀS
ÃO
15H EPILAÇ O

D IA

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

D
BUÇ
ÃO
ITA
ESS
U
S
T
1
RA
LA
ER G
AX I
1
LAS
U
AL
O
E NT
M
I
ER
E XP

Procuramos
confiança dos

diariamente

nossos

clientes,

compromisso de

lhes

proporcionar

resultados, com

a

garantia

de

merecer

a

assumindo

o

os

melhores

uma

equipa

multidisciplinar, com formação técnica, comercial,
e supervisão.
Acreditamos na importância dos recursos
humanos,

numa

especializadas,

eficiente

jovem

e

rede

dinâmica,

de

técnicas

pronta

para

lhe proporcionar um serviço de alta qualidade,
garantindo-lhe os melhores resultados.
Faz parte do nosso método, o uso de
material descartável, promovendo a segurança, saúde
e bem-estar da nossa equipa e naturalmente, dos nossos
clientes que tanto estimamos.

 
COMO FUNCIONA?
A alta tecnologia do equipamento utilizado está
preparado para na mesma sessão de tratamento, o cliente
possa usufruir de 2 sistemas: LASER ND YAG ou LUZ
PULSADA INTENSA

PORQUÊ USAR OS 2 SISTEMAS?
Porque cada indivíduo tem características de pele e pêlo
muito diferentes, uns com pêlo mais escuro, outros mais
claro, ou até mesmo ter os 2 tipos de pêlo. Só assim se
poderá chegar a todo o tipo de pêlo e garantir-lhe os
melhores resultados!
DEPILAÇÃO A LASER, A SUA NOVA APOSTA!


Aperçu du document Revista SS CLINIC.pdf - page 1/16
 
Revista SS CLINIC.pdf - page 2/16
Revista SS CLINIC.pdf - page 3/16
Revista SS CLINIC.pdf - page 4/16
Revista SS CLINIC.pdf - page 5/16
Revista SS CLINIC.pdf - page 6/16
 




Télécharger le fichier (PDF)


Revista SS CLINIC.pdf (PDF, 11.9 Mo)

Télécharger
Formats alternatifs: ZIP



Documents similaires


newslwtter n 1 janeiro 2012
revista ss clinic
mar2017
oreg os curadores
s ndrome de hiperestesia felina
carta de orac o 03 2018

Sur le même sujet..